Uma visita ao Obama

Mais uma vez o blog esta desatualizado, tenho um sério problema com continuidade!

Meu post de hoje vou falar sobre Washington D.C., onde fica a casinha do Obama e como ir para lá saindo de NYC, afinal Washington é relativamente perto, aproximadamente 4h30.

Capitol

Lendo blog e conversando com a minha host family descobri que eu tinha 4 opções: avião, carro, trem ou ônibus.

Fui só com uma amiga, logo não compensava ir de carro, então fui pesquisar a opção do trem e do ônibus. Se você quiser ir de trem, no site da Amtrak a round trip de trem fica em torno de 120 dólares, mas como toda au poor, estava pensando a opção mais barata, e sem sombra de dúvidas era o ônibus, eu paguei 60 dólares ida e volta.

Eu fui de Megabus e voltei de Washny no entanto o ônibus tem seus contras, e minha viagem de ida durou aproximadamente 7h, tente imaginar 7h dentro de um ônibus.

Optei por ir de madrugada, e realmente foi uma boa escolha porque aproveitamos o tempo, mas nunca faça como eu, nunca vá até o ponto de ônibus a pé de madrugada. Nunca achei que ficaria assustada aqui, o ponto da Megabus fica na 34th St com a 11th Ave, esta parte é pouco movimentada, e de madrugada não tem ninguém na rua, portanto, pegue um taxi, vale mais a pena.
Depois de uma viagem longa de ônibus chegamos em Washington D.C., aleluia!!!

Eu fiquei encantada com Washington, a cidade é bem organizada e quase todos os pontos turísticos ficam no National Mall. Vá com um bom calçado, pois o lugar é imenso.

Obviamente não consegui visitar tudo em D.C., há muitos museus por lá e todos são gratuitos.

Quando chegar na Union Station, a primeira parada obrigatória é o United States Capitol, que chama a atenção por sua arquitetura e você pode fazer um tour pelo edifício. Dizem que é lindo por dentro, mas a fila estava gigantesca e tive que abrir mão.

United StatesCapitol

De qualquer lugar do National Mall você pode ver a Washington Monument e no dia que eu fui estava acontecendo a World Pillow Fight Day (Dia Mundial da Guerra de Travesseiro), uma pena não ter levado um travesseiro, era muito engraçado.

Visitei dois museus e amei. Sem sombra de dúvidas o que mais me marcou foi  The United States Holocaust Memorial Museum, uma pena ser proibido tirar fotos dentro dele.

O outro museu foi o Smithsonian’s National Museum of Natural History, que é realmente divertido. A parte que mais gostei foi a estufa das borboletas, custa 6 dólares para entrar e ficar quanto tempo quiser lá dentro, há diversos tipos de borboletas e algumas são tão amigáveis que pousam nas pessoas. Eu tinha trauma de borboleta, sei que isso é ridiculo, mas superei! hahaha

Smithsonian’s National Museum of Natural History

Dois lugares legais de se conhecer são os Memorias de Lincoln e Jefferson, não tem muito o que fazer por lá, mas são lindíssimos de se olhar e de tirar foto. O Thomas Jefferson Memorial fica às margens da lagoa de Tidal Bassin, que nesta época do ano está na temporada das Cherry Blossons (árvores de cerejeira), o que deixa o local encantador.

Memoriais

Obviamente ninguém vai ao Washington D.C. e não passa pra dar um oizinho para nosso querido Obama, com tantas pessoas e policias ao redor é difícil não identificar a Casa Branca. Na parte frontal da casa há muitos turistas, por isso minha amiga que mora em Washington deu a dica que o melhor lugar é a parte de trás, onde há menos turistas e aparentemente mais perto da rua.

Casa Branca

Bom, esse foi meu final de semana extremamente corrido e louco em Washington D.C.!!
Minha dica final é de que sempre vale a pena viajar, e para que seja uma boa experiência basta ir de coração limpo e aberto para dar risada de qualquer coisa errada que ocorrer no meio do caminho!